Potiguaras (Tupã - SP)

Endereço : Rua Potiguaras, 330 - Centro
Tupã - SP
Antigos proprietários : Família Peduti
Capacidade : cerca de 1200 lugares
Em funcionamento ? : Não. Hoje, Igreja Batista de Tupã.

1966/1967 - Foto: Carlos Ferreira Damião

1977

Foto do site da Igreja Batista de Tupã

Foto do site da Igreja Batista de Tupã

Foto do site da Igreja Batista de Tupã



Coronel Raymundo (Santana de Parnaíba - SP)


Cine Teatro Coronel Raymundo
Inauguração : Maio/1920
Endereço : Rua Suzana Dias, 300 - Centro Histórico
Santana de Parnaíba - SP
Em funcionamento ? : Sim. Espaço cultural mantido pela prefeitura.

Histórico :
O Cine Teatro Coronel Raymundo, conhecido também como Cine Parnahyba ou Parnahyba Cinema, foi responsável pelo lazer e pela formação cultural de várias gerações de parnaibanos. A sua criação está ligada a um grupo de teatro amador que, em 1891, fundou a Sociedade Benemérita Recreativa Dramática Particular Parnahybense. Com objetivos culturais, voltados principalmente para as artes cênicas e filantrópicas, a Sociedade revertia sua arrecadação à população carente, aos doentes e, quando necessário, aos funerais dos sócios.
Anos depois, em 1908, com a dissolução da Sociedade, todo o acervo existente e o dinheiro em caixa foram doados para a Santa Casa de Misericórdia. A doação auxiliou na construção do prédio da Santa Casa, em 1909, coordenada pelo Capitão, depois Coronel Raymundo Ignácio da Cruz, membro da diretoria da Santa Casa de Misericórdia, e que foi prefeito da cidade de 1911 a 1913.
Em 1919, o casal Amélia Sant’Anna Leite e Braz da Silva Leite vendeu o terreno, onde estava instalado o cinema, para a Santa Casa. Esta por sua vez arrendou o prédio para vários empresários, responsáveis pela exibição dos filmes.
No ano seguinte, 1920, a edificação passou por reformas. E, em maio desse mesmo ano, foi inaugurado o Cine Teatro Coronel Raymundo, cujo patrono havia falecido em 1917.
Em 1926, além do cinema, o espaço abrigava um bilhar e um botequim. Nesse período, eram apresentados filmes mudos, com diversos carretéis, o que fazia com que houvesse de 10 a 12 partes por filme e intervalos para a troca de carretel.



Parque Shopping (Barueri - SP)

Inauguração : 06/07/2012
Endereço : Rua General de Divisão Pedro Rodrigues da Silva, 400
LUC 3001 - Bairro Aldeia - Parque Shopping Barueri
Barueri - SP
Exibidor : Cinépolis
Telefone : (11) 4191.4625
Capacidade total : 1864 lugares
9 salas 100% digitais (4 salas 3D, 2 VIP's e 1 Macro XE - Extreme Experience)
A sala XE - Extreme Experience é a maior com 389 lugares, tela gigante com nitidez de imagem com projeção 4K e som de 13 mil watts de potência.

Fotos : Antonio Ricardo Soriano - 06/2014

Sala Barueri de Cinema (Barueri - SP)

Inauguração : 19/03/2014
Endereço : Av. Pastor Sebastião Davino dos Reis, 672 - Vila Porto
Auditório do Centro de Eventos de Barueri
Barueri - SP
Telefone : (11) 4199.1600
Capacidade : 497 lugares
Programação : www.barueri.sp.gov.br
Sessões gratuitas aos domingos, às 18 horas.
Curiosidades :
Barueri disponibiliza um ônibus gratuito, que sai de frente da Prefeitura, todos os domingos, a partir das 17 horas, fazendo o trajeto de ida e volta ao cinema. A sala foi adaptada com telão, cortinas, iluminação e som especiais. No dia da inauguração, o público teve a oportunidade de assistir ao filme nacional "Onde está a felicidade?", com a presença da atriz Bruna Lombardi e o diretor do filme Carlos Alberto Riccelli.

Gemini (São Paulo - SP)

Inauguração pública : 29/05/1975
Filmes inaugurais : "A Primeira Página", com Jack Lemmon e "Golpe Baixo", com Burt Reynolds.
Exibidor : CIC - Cinema International Corporation
Endereço : Av. Paulista, 807 - Bela Vista
Capacidade : Duas salas com 328 lugares cada.
Projeção : 35 mm.
Som : Dolby estéreo
Em funcionamento ? : Não. Fechou em 26/09/2010.
Observações:
As salas foram decoradas pelo sueco Lennart Clemmens.

Leia postagem especial sobre o fechamento do cine Gemini no blog inicial:
"O extinto cine Gemini é homenageado por dois jornalistas do jornal O Estado de S.Paulo".

Fontes de pesquisa:

Biarritz (São Paulo - SP)

Inauguração pública : 22/06/1970
Filme inaugural : "Meu Tio Benjamin" (Itália-França/1969)
Endereço :  Av. Brig. Luís Antônio, 2332 - Bela Vista
Em funcionamento ? : Não. Um incêndio destruiu o cinema em 28/02/1996.
Antes, cine Luxor.

Luxor (São Paulo - SP)

Inauguração pública : 01/11/1967
Proprietários : Cinemas Rotbart Ltda.
Endereço : Av. Brig. Luís Antônio, 2332 - Bela Vista
Em funcionamento ? : Não.
Depois, em 22/06/1970, cine Biarritz.
Curiosidades :
Foi inaugurado com um festival de operetas da Metro-Goldwyn-Mayer. Era "dotado da novíssima Background Projection em Road Show!".

Paulistano (São Paulo - SP)

Inauguração pública : 20/03/1969
Filme inaugural :
"Um Convidado Bem Trapalhão", com Peter Sellers.
Slogan :
"Cinema e espetáculo de categoria para um público de bom gosto"
Endereço : Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 2344 - Bela Vista
Em funcionamento ? : Não

1975
1994
2010
Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.