Sala USP Maria Antônia (São Paulo - SP)

Endereço : Rua Maria Antônia, 294 - Vila Buarque
Telefone : (11) 3091.3540 - 9h às 17h.
Capacidade : 70 lugares
Sessões de segunda a sexta, às 16hs. e 19hs..
www.usp.br/cinusp

Sala Cinusp Paulo Emílio (São Paulo - SP)

Inauguração : 1993
Endereço : Rua do Anfiteatro, 181 - Colmeia - Favo 4
USP Universidade de São Paulo - Butantã
Telefone : (11) 3091.3540 - 9h às 17h.
Capacidade : 100 lugares
Sessões de segunda a sexta, às 16hs. e 19hs..
www.usp.br/cinusp

O CINUSP Paulo Emílio é uma sala de cinema gratuita e aberta ao público em geral, localizada no campus da capital, na Cidade Universitária. A programação é variada, contando com mostras temáticas produzidas por professores e alunos da universidade, seminários, debates, cursos, pré-estréias e parcerias com festivais de cinema.

Criado em 1993 pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da universidade, a sala leva o nome do professor, critico e escritor Paulo Emílio Salles Gomes que, além de ser um dos maiores pensadores do cinema brasileiro, implantou um dos primeiros cursos de Cinema do Brasil: o da Universidade de Brasília e, após seu fechamento, em 1967, ajudou a implantar o curso na USP.

O CINUSP tem como objetivo principal disseminar a cultura cinematográfica, estimular a pesquisa e o conhecimento, contribuindo assim para o adensamento permanente do ambiente universitário.


Ruy Laurenti, vice-reitor em 1993, na inauguração do cinema
A escritora Lygia Fagundes Telles (viúva de Paulo Emílio Salles Gomes) na inauguração do cinema

Ipiranga (Centro) (São Paulo - SP)

Inauguração pública : 07/04/1943
Exibidor :
Empresa Cinematográfica Serrador Ltda., depois Grupo Alvorada.
Filme inaugural : "Seis Destinos", com Rita Hayworth, Ginger Rogers, Henry Fonda e Charles Laughton.
Slogan : "Um Monumento ao Cinema".
Projeto : Arquiteto Rino Levi
Endereço : Av. Ipiranga, 786 - Centro
Capacidade total em 1943 : 1936 lugares
A partir de 03/07/1978, duas salas : 1 e 2. 
A sala 2 foi inaugurada com o filme "O Fusca Enamorado" (1977).
Em funcionamento ? : Não. Encerrou as atividades em 10/02/2005.
Curiosidades :
O cinema e o hotel, que funcionavam no mesmo edifício, foram projetados, em 1941, por Rino Levi. Dada a grande lotação proposta para o cinema (1936 lugares), a solução encontrada foi localizá-lo em nível superior à rua, ficando no andar térreo, apenas as entradas e as salas de espera. É óbvio que essa condição levou a um minucioso estudo da circulação do público e, consequentemente, a um engenhoso esquema de escadarias que atendesse de maneira plenamente satisfatória a uma grande massa de espectadores. Um detalhe curioso, resultante desses estudos, refere-se à iluminação dos acessos: o acesso à sala era feito através de escadas e corredores de luminosidade decrescente. Desta forma, quando o público atingisse a sala, já estava adaptado à luminosidade da projeção. Durante a saída, o processo era inverso. Mais uma vez, os estudos de acústica da sala foram realizados pelo próprio arquiteto, usando em seus cálculos, apenas o volume da sala e alguns materiais absorventes. 
- Livro "Rino Levi" - Edizione Di Comunità - Milano - 1974)
Os jogos de mármore do pórtico vieram de Itapeva (SP) e Sete Lagoas (MG), e o granito de Itu (SP).
Um dos balcões era de "primeira classe", o "Pullman" tinha grandes poltronas e lá se podia fumar. Pagava-se mais caro e usava-se terno e gravata. Podia-se chegar por escada ou por elevador especialmente destinado ao local.
No palco, antes das sessões, surgia de um elevador, um órgão elétrico e o músico tocava peças como "No Jardim de um Mosteiro", de Albert Ketelbey.
Os espaços internos do cine Ipiranga foram tombados, em 06/10/2009, pelo Conpresp. Leia a resolução.
O Condephaat autorizou o tombamento em 25/10/2010.
O cine Ipiranga encontra-se em processo de desapropriação.
A ideia de utilização deste espaço pela Prefeitura é de manter a sua função original, isto é, UM GRANDIOSO E HISTÓRICO CINEMA DE RUA.

1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
1943
14/10/2013
04/07/2014

Ipiranga (Centro) (São Paulo - SP)

Anúncios diversos :

06/04/1943
07/04/1943
02/08/1962
03/08/1962
04/08/1962
05/08/1962

Ipiranga (Centro) (São Paulo - SP)

A partir de 03/07/1978, duas salas : 1 e 2.
A sala 2 foi inaugurada com o filme "O Fusca Enamorado" (1977).

Ipiranga (Centro) (São Paulo - SP)

Fotos raras :

Prédio da sala de exibição atrás do Hotel Excelsior

Ipiranga (Centro) (São Paulo - SP)

Fotos diversas :

Cartaz do filme "Dona Flor e seus Dois Maridos" modificado devido a censura - 1976
Xuxa Meneghel no lançamento de seu filme "Amor Estranho Amor" - 1982
1995
09/02/2005
Último dia de funcionamento do cinema - 10/02/2005
Último dia de funcionamento do cinema - 10/02/2005

Nacional (São Paulo - SP)

Inauguração solene : 27/03/1950 (16h30)
Inauguração pública : 27/03/1950 (à noite)
Filme inaugural : "Monstro de Um Mundo Perdido", com Terry Moore e Ben Johnson.

Propriedade : Cia. Cinematográfica Serrador
No mesmo prédio funcionou os escritórios centrais da Cia. Serrador :
Julio Llorente (diretor-geral), Florentino Llorente (secretário-geral) e João Zeron (gerente-geral dos cinemas).

Endereço : Rua Clélia, 1517 - Lapa
Capacidade total : 3300 lugares
Aparelhos de som e projeção : Simplex

Em funcionamento ? : Não.
O cinema encerrou suas atividades no final dos anos de 1970.
No mesmo local, funcionou por muito tempo, a casa de shows Olympia. Agora, sedia uma igreja evangélica.

Curiosidades :
Meu avô Julio dos Santos foi funcionário deste cinema. 
Era lanterninha e cuidava do café.



Fotos : Revista "Acrópole" - Julho/1950
Casa de shows Olympia, depois do fechamento
Igreja evangélica
Igreja evangélica
Igreja evangélica
Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.