Triangulo (São Paulo - SP)

Inauguração solene : 29/06/1923
Inauguração pública : 30/06/1923
Programa inaugural :
"Da Pobreza à Opulência" (1922), com Gloria Swanson.
Complementos : 
"Sol e Sombra", da Independencia Film e "Rossi Actualidades".
Proprietário do imóvel : Cia. Mechanica e Importadora de São Paulo.
Exibidor : Sociedade Cinematográfica Paulista Ltda.
(a mesma do Cine Theatro Republica).
Depois, Cinematográficas Reunidas.
Endereço : Rua 15 de Novembro, 34 - Centro
Projeção : aparelho cinematográfico da marca alemã Hahn-Goerz, com dois projetores e refletor de espelho de cristal.
Capacidade : 500 lugares
Em funcionamento ? : Não. Fechou em 30/11/1929.
O prédio foi demolido para a construção de um arranha-céu, pela Cia. Mechanica.
Curiosidades :
Foi o primeiro cinema a implantar as matinês nos dias úteis. Antes, as sessões começavam a partir das 18 horas e as matinês eram apenas aos finais de semana. Funcionava das 13:30 às 24:00 horas.
Possuía uma orquestra de oito professores.
Antes, no mesmo prédio, funcionava o Café Ítalo-Brazileiro.

Crônica:
Em São Paulo trabalhava-se. Nos dias úteis as sessões começavam às seis da tarde. Mas o Cinema Triangulo, à Rua Quinze de Novembro, inaugurou as matinês nos dias úteis. Frequentavam-nas senhoras tão emotivas que se enterneciam à vista de uma nota de cinquenta mil-réis, e homens ansiosos por enternecê-las.
Quando clareava, no primeiro intervalo, ainda estava desocupada uma cadeira ao lado de cada senhora, e os homens sentados ao sabor da sorte. Mas ao escurecer de novo, quase todos tinham mudado de lugar para ver melhor a fita, e coincidia que as cadeiras de melhor visibilidade eram justamente aquelas ao lado das senhoras. Daí a oportunidade de travarem conhecimento e aprenderem endereços, justificando visitas de cortesia logo ao cair da noite.
Do livro "São Paulo Nesse Tempo", de Jorge Americano.

1920-21 - Café Ítalo-Brazileiro




1929

1929



































Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.