Astor (São Paulo - SP)

Inauguração : 09/03/1960
Endereço : Av. Paulista, 2073 - Conjunto Nacional - Bela Vista
Arquiteto : David Libeskind
Capacidade : 1000 lugares
Em funcionamento ? : Não. Encerrou as atividades em 2001.
Hoje, no mesmo local, funciona uma livraria.

Curiosidades :
Na inauguração, logo foi eleito o mais luxuoso e mais moderno cinema da cidade.
Em 1963, o cine Astor seria palco de um protesto de senhoras conservadoras da sociedade paulistana por ocasião da exibição do filme "A Doce Vida", de Federico Fellini. Estas senhoras, escandalizadas com as cenas eróticas do filme, rasgaram os cartazes e quebraram as vidraças do cinema, exigindo que o filme fosse retirado da programação. Conseguiram! Mas, no cine Coral, "A Doce Vida" ficou em cartaz durante 26 semanas.

No anúncio de inauguração : 
A última palavra em cinema, funcionando com novo e revolucionário sistema de som e imagem;
Trabalhando com filme de 70 mm. (o dobro do usado habitualmente);
Tela gigantesca com ângulo de visão de 128 graus, permitindo visibilidade igual a do olho humano;
6 canais de som estereofônico de alta fidelidade transmitidos por câmaras acústicas especiais;
1000 poltronas de modelo totalmente diferente, individuais de conforto residencial;
O cine Astor é a 1ª sala do Brasil a exibir filmes pelo sistema
TODD-AO;
"No Sul do Pacífico" é o 1º filme a ser exibido no Brasil pelo sistema TODD-AO e ele não será exibido em outra sala do Estado de São Paulo antes de dois anos.

1985
2001
Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.