Spcine Vila do Sol (São Paulo - SP)

LOCAL DE APRESENTAÇÃO DE VÁRIOS TIPOS DE ESPETÁCULOS, INCLUSIVE EXIBIÇÕES CINEMATOGRÁFICAS.

Inauguração pública : 09/06/2016
Filme inaugural : "Epa! Cadê o Noé?", de Toby Genkel.
Endereço :
CEU Vila do Sol
Avenida dos Funcionários Públicos, 369 - Bairro Vila do Sol
Telefone : (11) 3397.9811
E-mail : viladosol@circuitospcine.com.br
Projeção : digital Christie 2D/2K, com capacidade de fluxo luminoso de 10 mil lumens.
Som : Dolby 5.1
www.circuitospcine.com.br

Spcine Paz (São Paulo - SP)

LOCAL DE APRESENTAÇÃO DE VÁRIOS TIPOS DE ESPETÁCULOS, INCLUSIVE EXIBIÇÕES CINEMATOGRÁFICAS.

Inauguração pública : 08/06/2016
Filme inaugural : "Epa! Cadê o Noé?", de Toby Genkel.
Endereço :
CEU Paz
Rua Daniel Cerri, 1549 - Jardim Vista Alegre - Brasilândia
Telefone : (11) 3986.3404
E-mail : paz@circuitospcine.com.br
Projeção : digital Christie 2D/2K, com capacidade de fluxo luminoso de 10 mil lumens.
Som : Dolby 5.1
www.circuitospcine.com.br

Foto: Fernando Stickel do blog "Aqui tem coisa"

Spcine Vila Atlântica (São Paulo - SP)

LOCAL DE APRESENTAÇÃO DE VÁRIOS TIPOS DE ESPETÁCULOS, INCLUSIVE EXIBIÇÕES CINEMATOGRÁFICAS.

Inauguração pública : 05/06/2016
Filme inaugural : "Reza a Lenda", de Homero Olivetto
(com a presença do diretor do filme).
Endereço :
CEU Vila Atlântica
Rua Coronel José Venâncio Dias, 840 - Jaraguá
Telefone : (11) 3901.8746
E-mail : vilaatlantica@circuitospcine.com.br
Capacidade : 459 lugares
Projeção : digital Christie 2D/2K, com capacidade de fluxo luminoso de 10 mil lumens.
Som : Dolby 5.1
www.circuitospcine.com.br





Homero Olivetto, diretor do filme "Reza a Lenda"

CEU Vila Atlântica recebe 14ª sala pública de cinema

Inauguração contou com a presença do cineasta Homero Olivetto. No total, serão 20 salas de cinema em toda a cidade, formando a maior rede pública do Brasil.

A Prefeitura de São Paulo inaugurou neste domingo (5) a 14ª sala pública de cinema do Circuito Spcine, localizada no Centro Educacional Unificado (CEU) Vila Atlântica, na região do Jaraguá, zona norte da cidade. Com 459 lugares disponíveis, a estreia contou com a participação do cineasta Homero Olivetto, diretor do filme "Reza a Lenda", exibido para os moradores da região. Até o fim deste semestre, a cidade contará com 20 espaços públicos de cinema como este, formando a maior rede pública do Brasil.

"É uma honra para eu estar aqui apresentando o meu filme para vocês. Não é todo dia que a gente inaugura um cinema. É um momento mágico, e momentos bons como estes compensam todo o esforço que a gente passa", disse Olivetto.
Com esta inauguração, o Circuito Spcine chega a quatro salas em operação na zona leste, quatro na zona sul, três na região norte, duas na oeste e uma no centro. Já foram inaugurados espaços também nos CEUs MeninosCaminho do MarQuinta do SolSão RafaelButantãJaçanãAricanduvaFeitiço da Vila, Três Lagos, Perus, Parque Veredas e Jambeiro, além da Galeria Olido.

"A ideia é que São Paulo seja uma cidade do cinema e do audiovisual. Que a experiência de ir ao cinema, de ter uma programação de qualidade, seja acessível a todas as pessoas, independentemente de onde elas moram ou da sua renda", disse o diretor-presidente da Spcine, Alfredo Manevy.

Todas as salas contam com equipamentos de projeção digital Christie 2D/2K, capacidade de fluxo luminoso de 10 mil lumens e sistema de som Dolby 5.1, importados do Canadá, com tecnologia de ponta.

A abertura dos espaços para exibição leva em conta um estudo da JLeiva que apontou que, na média de toda a cidade, 10% dos paulistanos nunca foram a uma sala de cinema. Nas classes D e E, esse número sobe para 30%. Quando todas as 20 salas estiverem em operação, a Spcine estima que seja cerca de 200 sessões semanais, com expectativa de 960 mil espectadores por ano. 

"A inauguração deste cinema no bairro é um momento histórico para essa região. Certamente esse equipamento trará momentos muito bons para esta comunidade", afirmou a vice-prefeita e secretária municipal de Educação, Nádia Campeão.


Com exceção das salas em espaços culturais, que têm ingressos populares de R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia), as sessões nos espaços implementados nos CEUs têm entrada gratuita.

A programação é variada e, além do filme nacional "Reza a lenda", com Cauã Reymond e Sophie Charlotte, conta com grandes títulos como a animação "Epa!, Cadê o Noé?" e o internacional "Truman", com o premiado ator Ricardo Darín. São Paulo já chegou ter 160 cinemas de rua, e atualmente são menos de dez. A maioria das outras salas fica dentro de shopping centers.

Ainda estão previstos outros espaços públicos de exibição nos CEUs Paz, na Brasilândia, e Vila do Sol, no Campo Limpo, além de mais duas no Centro Cultural São Paulo (CCSP), na Rua Vergueiro, uma no Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes e outra na Biblioteca Roberto Santos, no Ipiranga. O investimento total de equipamentos em todo o projeto foi de R$ 7,4 milhões, além de mais R$ 2,5 milhões para a operação das salas.

Texto da Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura de São Paulo.

Spcine Perus (São Paulo - SP)

LOCAL DE APRESENTAÇÃO DE VÁRIOS TIPOS DE ESPETÁCULOS, INCLUSIVE EXIBIÇÕES CINEMATOGRÁFICAS.

Inauguração pública : 01/06/2016
Filme inaugural : "Epa! Cadê o Noé?", de Toby Genkel.
Endereço :
CEU Perus
Rua Bernardo José Lorena, s/nº - Vila Fanton - Perus
Telefone : (11) 3915.8746
E-mail : perus@circuitospcine.com.br
Projeção : digital Christie 2D/2K, com capacidade de fluxo luminoso de 10 mil lumens.
Som : Dolby 5.1
www.circuitospcine.com.br

Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.